Eu acho... que me acho em você.
     
Não sou de ferro, mas o meu coração também enferruja.
     
Vai lágrima, tira essa dor daqui.
     
De tanto tentar te entender, fico mais confuso que você.
     
Deixa o que for bom entrar, o que trouxer paz, amor, cuidado, carinho... tudo que é dado livremente, vale a pena ter e conservar.
     
Cuide bem do que é seu. Tem muita gente querendo tirar isso de você.
     
O pior tipo de estranho é aquele que um dia você já conheceu.
     
O que te matam, não são os problemas, e sim as dúvidas. De como agir, de quem amar, de quem confiar, de quem falar, de quem cuidar.. Cada escolha uma consequência, cada momento uma lembrança, cada sim, um não. Não adianta sofrer com dúvidas, porque dúvidas corroem as certezas.
     
Duas coisas que nunca esqueço na vida: quem me deu a mão quando precisei e quem soltou ela também!
     
Todo dia eu procuro me lembrar: Dá pra escolher. Não temos controle sobre tudo, mas dá pra escolher entre ter amigos ou viver recluso, dá pra escolher entre privilegiar um amor ou ter vários casos superficiais, dá pra escolher entre levar a vida com bom-humor ou levar a vida na ponta da faca. Se a escolha será acertada, aí já é outro assunto, o futuro vai dizer.