Mais quieto que guri cagado.
    
Mais curto que coice de porco.
    
Mais bonita que laranja de amostra.
    
Mais apressado que cavalo de carteiro.
    
Judiado como filhote de passarinho em mão de piá.
    
Frouxo como peido em bombacha.
    
Firme que nem prego em polenta.
    
Fino e comprido como pio de pinto.
    
Feliz que nem lambari de sanga.
    
Faceiro como mosca em rolha de xarope.