A necessidade nos mostra o valor das coisas! Porém só das quais precisamos.
     Joseley Wodson
A sua razão ou motivação para enriquecer ou fazer sucesso é crucial se ela possui raiz negativa, como o medo, a raiva ou a necessidade de provar algo a si mesmo, o dinheiro nunca lhe trara felicidade.
     
Imaginemos um lugar e nele não exista tempo, então o para sempre não será preciso e a minha única necessidade vai ser você.
     
A ansiedade que nos faz suprir de forma errada as nossas necessidades, nos impede de raciocinar se algo é de Deus para nós ou não.
     
Errar não é um defeito, é uma necessidade.
     
Não precisamos de alguém que nos explique sobre as coisas, mas que de fato compreenda como são as coisas e assim busque entender nossa necessidade através do nosso olhar.
     
Pessoas pequenas vivem pedindo ajuda de Deus e tem extrema necessidade de mostrar quanto bem estão fazendo. Cercam-se de aparências e toda felicidade é passageira. Pessoas grandes agradecem mais do que pedem a Deus. Sua fé é utilizada nos momentos necessários sem nenhuma alienação. Pessoas grandes sabem que precisam fazer sua parte, as vezes Deus não poderá estender sua mão para fazer o que é dever delas. Pessoas grandes trabalham junto com Deus, as pequenas se apoiam em sua palavra mas não agem segundo a mesma e nem à seus princípios.
     
A necessidade de cada um é o que diz o real valor das coisas.
     
Vejo em muitas pessoas a necessidade de demonstrar o que vivem, e que a vida que tem contribui para uma sociedade justa, dizendo trazer o possível mais perto. Isso é o que dizem. Não sabem que a única coisa que fazem é alimentar o vazio que carrega consegue que consome suas noites de sono.
Não sabem, mas contribuem apenas com o comodismo covarde dos outros. A humildade vem antes da honra. Pense, pois acreditar sem ter ações não vale tanto.
     
Não importa o quanto representemos em relação aos outros, se somos maiores ou menores, se temos mais ou menos condições que os demais. Para o Senhor o que realmente importa é como utilizamos o que temos, ou seja, nossa capacidade de doar tempo, dedicação, sorriso sincero, vontade de fazer o melhor possível e satisfazer à necessidade alheia. Jesus passou por esta vida fazendo o bem a todos, a ponto de ser profundamente questionado em todas as suas atitudes e comportamentos; mas nem por isso deixou que os julgamentos humanos determinassem o motivo do Seu agir. Isso significa que devemos seguir os passos de Cristo, porque: Conosco está o Senhor do universo (Sl 45). Jesus, ensina-nos a agir como o Senhor em todas as situações. Jesus, manso e humilde de coração, fazei o nosso coração semelhante ao vosso.
    Shirley Teodoro