É assim que é o meu coração... esta linda poesia saiu do meu coração neste exato momento... É um dom, que Deus colocou em minha vida. Meu coração minha identidade.
     
Isso chama-se amor em Deus... As palavras nascem no momento... Chamado já! É o coração do poeta que deixa deus da rima as suas poesias... A poesia ganha brilho, ganho vida... É um amor transparente em forma de palavras...
     
Vá atrás do que te faz sorrir... lembre-se, você é mais importante, não se culpe se não deu certo. Se, te enganaram, procure agir dentro da lei em seu benefício, e lute sem medo, com fé, deixe as coisas acontecerem... Deus, é maior do que qualquer adversidade, do que qualquer mentira, do que qualquer engano do que qualquer coisa... o Poder, é de Deus.
     
Me inspirei em teus olhos... respirei o perfume da tua pele... tropecei em tuas pernas, cai em teus braços... E fiquei lendo um poema entre as estrelas...
     
Eu preparo uma canção em que minha mãe se reconheça, todas as mães se reconheçam, e que fale como dois olhos. Caminho por uma rua que passa em muitos países. Se não me vêem, eu vejo e saúdo velhos amigos. Eu distribuo um segredo como quem ama ou sorri. No jeito mais natural dois carinhos se procuram. Minha vida, nossas vidas formam um só diamante. Aprendi novas palavras e tornei outras mais belas. Eu preparo uma canção que faça acordar os homens e adormecer as crianças.
     
A lua nas artes, teatro: ( Julieta, observando que a lua nunca é única, mas apresenta fases, responde a Romeu, que lhe jurava pela lua, seu grande amor pertinentemente alerta e... Feminina! Não jures pela lua que é inconstante!
    WILLIAM SHAEKESPEARE
A lua nas artes, teatro: Linda! Por esta lua que tem zelos, por ti, por este límpido luar, que é menos puro do que os teus cabelos.... que brilha menos do que teu olhar... ( A linda fala de Romeu a Julieta na famosa cena do balcão: primeiro encontro real entre os dois ).
     
A lua nas artes, poesia; Efeito da lua: o luar... : ( o ) Luar ___ ( era )___ um cortinado/ todo lírios na barra, e __ em cima __ estrelas...
    ALBERTO DE OLIVEIRA __ POETA ___
A lua nas artes, poesia; ( A visão evolucionista-problemática da matéria, que o Tempo vai esclarecendo, sem contudo abandonar a Divinitude Essencial da Vida, aqui aplicada à LUA ): Do observatório em que estou situado/ a lua magra, quando a noite cresce / vista, através do vidro azul, parece / um paralelepípedo quebrado... ( Dedicatória: a todos os astrônomos, e aos que consultam os céus querendo decifrar o mistério dos espaços... Rita )
    AUGUSTO DOS ANJOS ( Poeta Evolucionista )
A lua nas artes, poesia; Ó monja branca dos espaços/ parece que abres para mim os braços / fria, de joelhos, trêmula rezando... ( A linda imagem da lua transfigurada em verso, que vale por todo um poema... sutil... transcendental e valioso!
    CRUZ E SOUZA