Tinha vontade de gritar, mas... Alguém ia ouvir... Então ela chorava a noite quando ninguém podia ouvi-la quando ninguém podia julgá-la!
     
O choro só aliviam as magoas, mas não resolve os problemas, vá a luta enquanto secam as lagrimas!
     
Precisando de ombro amigo e colo para chorar.
     
Depois de sentir seus pés machucados pela caminhada, depois de soltar o peso do fardo pesado nas costas, a visão embaçada, você nem consegue mais chorar. Depois de todos os ferimentos cicatrizados, depois de sentir seu coração bater acelerado novamente, por alguém que soube curar as dores da alma. Depois de tudo... Lá vem você querendo me levar para andar entre espinhos me ferir, e, voar para ver estrelas e me soltar outra vez... As mãos.
     
Namorar é algo que vai muito além das cobranças. É cuidar do outro e ser cuidado por ele, é telefonar só para dizer bom dia, ter uma boa companhia para ir ao cinema de mãos dadas, ter alguém para fazer e receber cafuné, um colo para chorar, uma mão para enxugar lágrimas, enfim, é ter alguém para amar. Somos livres para optarmos! E ser livre não é beijar na boca e não ser de ninguém. É ter coragem, ser autêntico e se permitir viver um sentimento.
     
Sorri por que sou seu amigo, ou chorar por que nunca serei mais que isso? Eis a questão...
     
Hoje estou feliz porque sonhei com você, e amanhã posso chorar por não poder te ver.
     
E então a minha alegria foi não chorar ao te ver partir, mas sim, sorrir sabendo que qualquer dia você vai voltar.
     
Compreendi que viver é ser livre, que ter amigos é necessário, que lutar é manter-se vivo, que pra ser feliz basta querer. Aprendi que o tempo cura, que mágoa passa, que decepção não mata, que hoje é reflexo de ontem. Compreendi que podemos chorar sem derramar lágrimas, que os verdadeiros amigos permanecem, que dor fortalece, que vencer engrandece.
     
Arranje motivos para sorrir e tente esquecer os que te fazem chorar.