Mensagem Em louvor ao Mestre

Assimilar tudo que emana do mestre, porque é através dele que nasce e floresce o ideal e se desenvolve a cultura, como complemento da educação inicial da vida. A humanidade inteira tem carências de bons professores, que não se limitam apenas a transmitir conhecimentos, acontecimentos históricos, fórmulas matemáticas ou as maravilhas do pensamento humano, envoltos em embalagens concentradas.

O papel do educador é muito mais amplo e precioso e por isso mesmo deve acompanhar o desenvolvimento intelectual do educando nas suas primeiras experiências contra as barreiras do mundo. Partindo da educação inicial, ministrada no primário, deve o professor encontrar meios para incutir na mente do aluno o gosto pelas matérias que o acompanharão durante sua existência. Das quais depende seu futuro.

Inicia-se daí para a frente um aprendizado gradativo que tanto mais fervoroso será, quanto for marcante a personalidade e o caráter do mestre. O dia do professor não deve ser lembrado apenas no dia 15 de outubro. Mas deve ser revivido a cada encontro cotidiano. Cada vez que o professor entra na sala de aula deve ser motivo de grande satisfação, pois é por seu intermédio que se pretende alcançar a sabedoria. Cada dia, cada hora deve ser uma consagração ao esforço do professor. Enfrentando intempéries, incompreensões, baixos salários e desajustes vários, o professor desempenha o seu papel de relevante importância, ensinando, formando caráter e aprimorando personalidades; seja nos bancos do Jardim da Infância ou nos anfiteatros das respeitadas faculdades.

Contribuir para a formação do caráter do jovem, que alça vôo em direção ao seu ideal é uma tarefa que enaltece o mestre e o faz responsável pelo sucesso da pessoa, formada sob a inspiração dos seus conhecimentos. Nunca a civilização necessitou tanto de professores capacitados, inteligentes e ecléticos como no presente momento da tecnologia de ponta; cujas exigências são constante desafio para todos. Tanto no campo intelectual, como no que se relaciona com a formação da personalidade do aluno.

Mestres, ensinai aos vossos alunos que toda luta em favor de um ideal é uma luta santa. Que eles pensem com os corações repletos de desejos, para formação de uma personalidade forte e que busquem nas dobras de um futuro nebuloso as auroras iluminadas do saber. Fazei ver aos vossos alunos que o ideal é um impulso natural do espírito em busca da perfeição e que evoluir é ilustrar-se sempre mais em torno dos infinitos possíveis que nos cercam o tempo todo. Mostrai aos que recebem vossos ensinamentos que viver sem ideal definido, é percorrer caminhos em círculos, onde o saber não poderá alicerçar-se nem dar frutos.

Mestres. Vós sois os faróis luminosos que conduzem as mentes ainda não abertas, à cultura e à perfeição do saber. Forjai com vossa sapiência homens extraordinários e de talentos invejáveis. Homens que busquem na perfeição dos seus conhecimentos, alcançarem a glória dos primeiros lugares. Homens que possam comover-se diante de um pôr-do-sol, que vibrem ao ouvir os versos do poeta, que se contagiem com os feitos soberbos e valiosos dos abnegados cientistas, que bendigam os que chegaram à santidade. Que assimilem os ensinamentos dos sábios e que penetrem na profunda filosofia dos notáveis pensadores.

Parabéns, querido professor, pelos conhecimentos transmitidos por seu intermédio. Quer você seja um ás da retórica ou um simples mestre de qualquer obscuro povoado do interior. Importa, tão-somente, que ao seu lado possam os alunos receber as luzes do coração de mestre, como um farol nas trevas.