Poema Soneto do Feliz ano novo(Versos alexandrinos)

Vós,que amais a vossa felicidade branda
Abraçai-me o colo aos seus lindos corações
O zelo formoso ao teu coração,oh querida!
O teu amigo serei bem-amado à vossa vista.

A bela amiga serás minha bem-amada,amor!
Como és mui feliz ao ser especial,amiga!
Amo-te como a vossa grande amizade;
Saúdo-te o bom amor ao torso efêmero.

Amo-te o teu liçor natalino à vida,
Ó fruta,há de sentir-me a bela choupana
Amo-te,és toda a felicidade ao Deus.

Beijo-te o doce sentimento ao teu riso,
Fica a ser a bela bondade neste ano
Beijo-te o teu doce abraço,minha querida!